quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Instante meio divino


Instante meio divino



A nave de ti passou
muito levemente
por meu andar de cima

E por um instante inteiro

recordei
a dor feliz de te encontrar
assim, como se não quisesse..;


Assim, como se não pudesse.



Eliana Mora, 05/12/2018

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

V i d a


Vida



Por vezes nela penso como algo que tem asas 
unhas 

até dentes

Deusa
a quem nos vamos ofertar
e que ao transformar-se em obra-prima
torna-nos

escravos



Eliana Mora, sem data

Baú

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Todos os dias


Todos os dias



O milagre de andar pelas dunas
de formar pensamentos esquisitos
para conseguir não se cansar
de cultivar narcisos
[e compreender o desejo eterno
de sonhar]

é de uma simples e só tua

descoberta
de que forma é que vais conseguir
maneira certa de tratar....
a ti mesmo?

[e cai o pano]




Eliana Mora, novembro/2018

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Sensações parabólicas


Sensações parabólicas




A luz do porto
parece que me hipnotiza
fica parada
com pensamento fixo
e ali
toda minha vida
armazenada num container
se esconde da luz

E o porto
impávido
continua a deslindar

segredos




Eliana Mora, 01/11/2018

domingo, 21 de outubro de 2018

Sempre, ela


Sempre, ela



Refrão
pulmão da próxima rima
do verso-canção

Tu
a mãe de todos amores
a vasta guia
de todos fervores
de nós

Tu
a deusa
a espera

esfera do sangue
e da voz


Eliana Mora, 18/10/2018

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Desassossego em gotas


Desassossego em gotas



Pode ser servido
até no café da manhã,.,.,.
E quem duvida?

[Mais informações
na gerência do poema]





Eliana Mora, 18/10/2018

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Roteiro Variado


Roteiro variado



Ali
onde todos os sapatos se perderam
e foram ficando apenas os chinelos
as esperas
e todos os novos mandamentos
de aprender

Ali
onde escorregaram pés desavisados
bancaram doidos e saíram machucados
sem ter como gritar
e se perder

Ali
onde se recolhem cacos de um passado
em que tudo nos dizia
para só brincar
é que se foi aprender a vida real

para nunca decifrar

e por vezes 

sem lamento
sentir pura suavidade


[e encantamento]





Eliana Mora,  7/junho/2018

Instante meio divino

Instante meio divino A nave de ti passou muito levemente por meu andar de cima E por u...