quarta-feira, 20 de junho de 2012

Reza Tosca




Reza Tosca
 
 
 
 
a fome
a sede que transborda
a falta
os dentes a tocar-se
cadência remota
a voz a te chamar
a volta
a manha
os dias a passar
a mente atenta
a luta lenta
[a calma estranha]
 
 
 
 
Eliana Mora, 19/6/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.