sexta-feira, 26 de abril de 2013

Apenas bom


 

 Apenas bom




Um bem picotado, um bem tão pequenino, que acaba por fazer sentido. Um bem que a gente sente, que a gente faz, que doa; que pensa, que enfeita, que voa...Um bem tão amado, um pequeno bem significante - nem precisa ter nenhum profundo significado. Existe, assim, simples, dentro de nós, como que uma síntese. Ou um achado.





Eliana Mora, 26/4/13

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.