terça-feira, 13 de agosto de 2013

Sem nenhuma Aurora

 

Sem nenhuma Aurora 



Beijos e contas lilases
no afã do azul, no leste do vinho
claro, mistura de sons e cores
deuses à espreita


pálida manhã do desejo
quieto, a saber que está.
 


Eliana Mora, 20/12/12

2 comentários:

  1. Oi, Eliana,

    A vida maluca onde me meti, me afastou um pouco de seu blog... mas cá estou a deixar um abraço lá do Pedra...na pálida manhã do desejo....

    Araceli

    www.pedradosertao.blogspot.com


    ResponderExcluir
  2. E eu?
    Ainda assim fico feliz, aliás sempre, com tua visita!

    beijos da El,
    com carinho.

    ResponderExcluir

Minha poesia agradece.