sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

A lidar com a beleza desta Vida


A lidar com a beleza desta Vida



Aquele velho caminho
aquela casa
um carinho extra forte do sol
a entrar pelas janelas
da pele
justificam a tomada de fôlego
para mais um dia

aquela alma delicada
que te espia
encontra freio
encosta delicadamente
no teu seio
traz completa tentativa de encontro
com o eu

e assim
ao passar de dia após dia
a companhia  o erro
a dor que fica na fronteira
entre o temor o sorriso
e o desterro

Um canto de poder viver
via do querer
e do saber

[do amor à Vida]



Eliana Mora, 23/12/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.