quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Respostas não há


Respostas não há



Vívida e febril
sobe as escadarias
aquelas em caracol
que por acaso deveriam levar àquele andar
[segunda,
terceira vez?]

Qual será o nome
o número daquela dúvida
essencial
que jamais será compreendida
ou explicada?

[e é assim que um amor chega ao final]




Eliana Mora, 11/11/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.