quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Notas para um som em terra firme


Notas para um som sem terra firme



Instrumento mudo
eu
deusa das imagens e poemas
transfiro o sentimento que tardava
deporto com ele minha dor

e dos pedaços de uma história
sem pouso e sem final
teço as notas para um som sem terra firme
a sonata do não pertencer

em cestas de vidro os frutos do deserto
nas ânforas o vinho do meu sangue.

lambuzo-me sozinha
um fio rubro a escorrer no canto
dos meus lábios

nos últimos acordes
a tênue sensação

de que [ainda] me frutificaria.


Eliana Mora, 31/1/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.