sexta-feira, 24 de março de 2017

Conquista/dor


Conquista/dor



Eu sei 

que a minha dor é estrangeira
o passaporte já venceu
e ela ficou

e vive aqui a organizar muitas 

entradas e bandeiras
sem saber bem  qual o terreno
onde pisou

Faz muito mal 
porém recebe alguns sinais 

de advertência

de uma soldada 
graduada

em Resistência



Eliana Mora, 2003
In: Mar e Jardim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.