quarta-feira, 18 de julho de 2018

Achados e perdidos


Achados e Perdidos



Naquele livro

sabia que a lembrança era de ti.

Tua letra torta

teu amor selvagem
tua alma morta
com desejos e sentires infantis.

Um sonho imenso

- que pouco durou.

E o livro foi só o que ficou.

[ainda bem]



Eliana Mora, 03/7/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.