quarta-feira, 4 de novembro de 2009

De repente


De repente



pálpebras fechadas,
sonho convertido:
teu gosto_na boca.



Eliana Mora, 03/11/2009

2 comentários:

Minha poesia agradece.