terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Mapas do Desejo

Mapas do desejo



Em tordesilhas escondidas no meu peito
existem mapas desenhados
com desejos
perfis antigos dos meus sonhos esculpidos em cinzéis
que ao menor sopro cordilheiram-se
qual neve

e até que se acomodem
ali descansam
[dormem

para renascer novamente
nos seus berços



©Eliana Mora, 05/dez/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.