quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Mapa da Anatomia: o Olho

Mapa da Anatomia: o olho


O olho é uma espécie de globo,
é um pequeno planeta
com pinturas do lado de fora.
Muitas pinturas:
azuis, verdes, amarelas.
É um globo brilhante:
parece cristal,
é como um aquário com plantas
finamente desenhadas: algas, sargaços,
miniaturas marinhas, areias, rochas, naufrágios e peixes de ouro.
Mas por dentro há outras pinturas,
que não se vêem:
umas são imagens do mundo,
outras são inventadas.
O Olho é um teatro por dentro.
E às vezes, sejam atores, sejam cenas,
e às vezes, sejam imagens, sejam ausências,
formam, no Olho, lágrimas.


Cecília Meireles
_______________________________________________*

O olho da terra de Cecília


visão perfeita
casa destelhada
fios ligados a viagens invisíveis furta-cores
e no planeta olho referido em teu poema
que em tudo pode assemelhar-se a uma visão da Terra logo ali
vista do Espaço
a riscar fictícios dedos medos e pincéis
que ao desprender-se de algum dantes firme laço
ainda sonham sonhos
desenham cores e paixões
lamentos líricos
lágrimas
sorrisos

[e regaços]



Eliana Mora, 22/08/2007

4 comentários:

  1. O olhar do poeta é esta terra de mistérios quase irreal e insondável, repleto de luz e beleza!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. terra infinda, única, de galáxia própria...

    beijo, El

    ResponderExcluir
  3. Lindas poesias, sem palavras!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  4. Serás sempre bem-vindo, Evandro.

    um abraço,
    Eliana

    ResponderExcluir

Minha poesia agradece.