quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Para além das linhas


Para além das linhas



conformar-se
ou estender os braços sim
como quem olha o tempo

então entoar cantos
devidamente pranteados
[os outroras

para que cheguem outros
absolutos
[os agoras




Eliana Mora, 03/10/2011

4 comentários:

  1. Belíssima poesia, muito reflexiva!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Caro Evandro, agradeço muito tuas palavras, deixo imenso um abraço para ti!

    El

    ResponderExcluir
  3. que bela poesia Eliana! feliz dia dos poetas para ti também minha amiga poeta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que teus versos possam reluzir
      sempre e sempre
      com a mesma intensidade...


      beijos
      El

      Excluir

Minha poesia agradece.