quinta-feira, 7 de junho de 2012

Linha da Palavra


Linha da Palavra


A linha da palavra escorre
como ao corte de uma árvore frondosa
seiva sagrada
espumosa
a ferver
como que veia minha a explodir
[sangue em minhas mãos]
a desenhar a dor que sinto ou vi
para que surjam as letras 

sagradas
palavras-sementes
cavalos 

ardentes
em ato de amor.

Eliana Mora, 31/12/2009

do Baú

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.