sábado, 8 de fevereiro de 2014

Still life in the Garden

 
  
Still life in the garden


grávido de segredos e de vida
percebo o ventre meu
a imaginar falésias gigantes, coloridas
pensar mesmo em fazer parte de uma tela expressionista
porém ao mesmo tempo
flor pequena
quieta
como o brinco da princesa
adorno a esconder-se calado
nos sonhos

do jardim




Eliana Mora, 21/01/2006

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.