domingo, 10 de agosto de 2014

Quase o Espaço



Quase o espaço


Um sol marcado no olho
veias vermelhas e fortes
uma semente de lua
a escapar


dos sentidos


Eliana Mora, julho/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.