sexta-feira, 25 de julho de 2014

Mão Divina



Mão Divina


Lenta, dourada e azul
a mão do devir
pousa  aos poucos 
sobre nós

a mostrar que pode ser  
apenas

asa


Eliana Mora, junho/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.