sábado, 9 de maio de 2015

Um objetivo Sonhado


Um objetivo sonhado



A linha imaginária
que nos prende à vida
faz fronteira com infindas vias.

Intercruza-se
recomeça seu percurso
para então descansar
num abrasivo sol
não em montanhas geladas.

Seu sentir é de turista que procura novos ares
sempre muito belos
agradáveis
e não algum tipo de sofrer
que já conheça
de que já fuja.

Tudo...
para poder sorrir.




Eliana Mora, 09/05/2015 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.