quinta-feira, 6 de outubro de 2016

A resposta é o Silêncio


A resposta é o silêncio



A ida
a volta
a contramão
o pneu furado
a confusão
o trem descarrilado
o furacão

Onde buscar de novo 
o som do riso?



O corpo ferve

[acuado]




Eliana Mora, 20/09/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.