quarta-feira, 2 de agosto de 2017

De repente, descobri


De repente, descobri



Pode ser
que eu me enfeitice
me modele
me alucine
desça correndo o declive
sem medo de escorregar

Pode ser
que eu me arruíne
mas estarei a cantar
porque a vida
sem paixão
é prenúncio

de acabar




Eliana Mora, 02/08/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.