sexta-feira, 20 de agosto de 2010

I m a g i n e


Imagine



as casas ali, pequenas e rosadas
cada uma guarda o coração que voa
e que retorna

serei eu a mensageira?
a que fica?
a que vai com ele?


Não sei a resposta :
até agora.




Eliana Mora, sem data

6 comentários:

  1. Mas a resposta virá nas asas de um poema e se fará fonte. Você jorra poesia incessantemente!

    ResponderExcluir
  2. A leve(?) inquietação da procura feito poema...

    beijo :)

    ResponderExcluir
  3. íma.gine seu de flor belíssima da casa rosada...

    ResponderExcluir
  4. virá, voará, e nela se 'batizará',,,belas palavras!

    beijo!

    ResponderExcluir
  5. ...por vezes nem tão 'leve', mas é, isso, é por aí!!

    beijo!

    ResponderExcluir
  6. en-cantada com teu a(r)travesso de palavras!

    beijo!

    ResponderExcluir

Minha poesia agradece.