domingo, 21 de agosto de 2011

O amor aceita porque vê



O amor aceita porque vê




pedra aquamarina quase fosca
talhada pelas tuas mãos
uma a uma a acariciar a veia que inchou
como seio que ama

assim o amor
aos meus olhos quase cego
por muito enxergar consegue ver além

tudo no outro é beleza
é motivo
a pele lisa
o curativo a cicatriz
nada a ser escondido
não há véus

a não ser para desvendar
ainda mais além




Eliana Mora, 25/02/2008

2 comentários:

  1. [onde tudo se aceita, da parte o todo, onde tudo se escreve o todo que se lê... sempre mais além]

    um imenso abraço, Eliana

    Leonardo B.

    ResponderExcluir

Minha poesia agradece.