sábado, 17 de novembro de 2012

Nossos Tempos




Nossos Tempos



naquela estrada
um sol vestido de névoas
ia e vinha, sorrateiro

um coração meio pálido
esperava, ah, uma bomba nuclear



Eliana Mora, 17/11/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.