terça-feira, 4 de junho de 2013

Ondas que Calam




Ondas que calam



Em ondas
letras sobem e descem
passageiras dos navios
que tocam adeus


peles
não mais lisas
cor poema da alma
diz e canta
o mar as ondas 



[os sons]

 


Eliana Mora, 1/6/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.