domingo, 25 de outubro de 2015

Tempo de Voo


Tempo de Voo



Lucidez nas asas.
Estrada desconhecida

Alto de colinas. 

Neurônios a ferver, piscar.

Viagem.
Em tudo, um limiar.




Eliana Mora, 22/10/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.