domingo, 5 de junho de 2016

Sem Resposta


Sem resposta




o rosto fechado
a lua nas mãos
os fatos ali
a fala
a vibrar na garganta

[por onde vou me enganar amanhã?]



Eliana Mora, 03/05/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.