quarta-feira, 19 de julho de 2017

Caminhos


Caminhos




Em frente
um mar que não se vê
do lado
muitos horizontes
e a pele a dizer palavras
desconexas
recordam estradas
caminhos 

lugares
por onde passei
e por onde partículas de mim
se espalharam
assim
a me deixar meio completa
meio costurada


Não.
isso não se vê


Isso
só se pode 


sentir


Eliana Mora, 18/07/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha poesia agradece.